A rivalidade entre River e Boca extrapolou o limite do futebol e causou uma briga generalizada em campo. A confusão que acabou com alguns jogadores sangrando foi entre as equipes sub-14 dos Xeinezes e Milionários.

“Houve um soco de um jogador do Boca, mas a reação dos nossos atletas não se justifica”, afirmou Ricardo De Angelli, técnico do River Plate, em entrevista ao jornal argentino Olé.

A confusão aconteceu no final da partida quando o Boca vencia o River por 2 a 1 e o juiz Fernando Broin marcou um pênalti para os Milionários. Após muita reclamação dos Xeneizes e invasão do técnico, empurrões foram trocados e a confusão começou durando quase um minuto.

“Não é legal que se passem este tipo de coisas nesta idade. Vamos avaliar o acorrido com as pessoas que estavam no local”, comentou o presidente do Boca, Jorge Ameal.

Nas arquibancadas, os aproximadamente 600 torcedores incentivaram para que a confusão continuasse. Ao todo, sete jogadores foram expulsos e quatro atletas machucados. Veja o vídeo:

<object width=”380″ height=”326″><param name=”movie” value=”http://www.youtube.com/v/LhZN3-g7u1w&hl=pt-br&fs=1&”></param><param name=”allowFullScreen” value=”true”></param><param name=”allowscriptaccess” value=”always”></param><embed src=”http://www.youtube.com/v/LhZN3-g7u1w&hl=pt-br&fs=1&” type=”application/x-shockwave-flash” allowscriptaccess=”always” allowfullscreen=”true” width=”380″ height=”326″></embed></object>

Sem mais artigos