No último final de semana, dias 8 e 9 de maio, foram encerradas as filmagens de LB Persona, filme que conta a história da saga da realização do clássico O Cangaceiro, por meio da vida do seu diretor, Lima Barreto.

O filme marca o retorno da Cinematográfica Vera Cruz, após mais de 30 anos sem produzir longas. Os próximos passos da nova produção serão são montagem e finalização.
 
Dirigido por Galileu Garcia e produzido pela Cinematográfica Vera Cruz, em co-produção com a Digital Films & Toon, o longa levanta curiosas histórias sobre um dos períodos mais intensos do cinema brasileiro.
 
Fazia 33 anos que a Vera Cruz não produzia um longa. O último, de 1977, foi Paixão e Sombras, dirigido Walter Hugo Khouri.

O clássico
 
Produzido em 1953, O Cangaceiro é o filme brasileiro mais visto até hoje no mercado internacional e acumulou em torno de 13 milhões de espectadores nas bilheterias de todo o mundo. Só em Paris, ficou dois anos em cartaz.
 
Primeiro longa brasileiro a conquistar um prêmio internacional no Festival de Cannes (Melhor filme de aventura e menção especial pela música, em 1953), O Cangaceiro terá agora toda a sua saga contada no “doc.fic” LB Persona, que a Vera Cruz terminou de rodar no último dia 9 de maio.
 
Misturando linguagem documental com imagens ficcionais, o filme promove históricos encontros entre atores, produtores, diretores e técnicos da época, que gravaram depoimentos da mais alta relevância sobre a Vera Cruz, o filme O Cangaceiro, e também sobre a produção brasileira do período.

Como contraponto ficcional, o ator Milton Levy interpreta Lima Barreto e também sua Persona. Levy já atuou nas novelas e minisséries O Pecado de Cada Um, Angústia de Amor, Anjo Maldito, Canoa do Bagre, Tiro & Queda, Pícara Sonhadora, Pequena Travessa e Canavial de Paixões, entre outras.

Sem mais artigos