O ex-DJ Andry Rajoelina tomou posse como presidente transitório de Madagascar ontem (21), em uma cerimônia presenciada por pelo menos 40 mil pessoas na capital do País, Antananarivo.

Líder oposicionista, Rajoelina assumiu a presidência temporária da nação por conta de um golpe militar que tirou o presidente Marc Ravalomanana do cargo.

O ex-DJ prometeu cuidar da segurança e melhorar a vida da população em Madagascagar. Não havia embaixadores estrangeiros na cerimônia, o que indica um não reconhecimento do governo transitório. Por causa do golpe, Madagascar foi excluído da União Africana.

Sem mais artigos