Suzane Von Richthofen pode estar próxima de cumprir sua pena em regime semiaberto. Na tarde da terça-feira, o Ministério Público em Taubaté, onde Suzana está presa, recebeu o laudo dos exames criminológicos da jovem. Estes documentos poderão dar subsídios à Justiça para a concessão da progressão da pena.

Segundo o site Terra, o exame consta da avaliação de um psicólogo, uma assistente social e um psiquiatra. Os dois primeiros teriam relatado informações favoráveis à progressão da pena. Já o psiquiatra teria descartou a possibilidade da jovem passar a cumprir pena em um regime semiaberto.

Se receber o benefício, Suzane poderá trabalhar ou estudar durante o dia e voltar para a cadeia à noite. Condenada a 39 anos de prisão, a jovem está presa desde 2002 por participar da morte dos pais, Manfred e Marísia von Richthofen.

Com a conclusão do parecer do Ministério Público, que deve acontecer até o início da próxima semana, caberá ao juiz da Vara de Execuções a definição da concessão do benefício a Suzane.

Exames favorecem Suzane Von Richthofen a cumprir pena em regime semiaberto

Sem mais artigos