O presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, voltou hoje a falar sobre seu sonho de ver o italiano Valentino Rossi, heptacampeão da MotoGP, em um cockpit da escuderia.

“Faria de tudo para que Valentino pudesse ganhar também na Fórmula 1 com uma Ferrari”, disse o dirigente.

Montezemolo é favorável a uma mudança nas regras da categoria para que as equipes possam ter um terceiro carro.

O dirigente, que hoje deixou o comando da montadora Fiat, comentou também sobre o desempenho da Ferrari no Grande Prêmio da China, no último domingo.

“Espero que possamos voltar em breve às vitórias. Achava que no domingo tínhamos uma ocasião perfeita. Alonso estava bem nas primeiras cinco curvas, mas queimou a largada”, disse.

Montezemolo negou ainda um suposto “litígio” entre Massa e Alonso, após uma ultrapassagem feita pelo bicampeão mundial sobre o brasileiro na entrada dos boxes.

“Eles sabem bem o que devem fazer porque correm para Ferrari e não para si mesmos”, finalizou.

Sem mais artigos