Depois de mais de 14 anos gravando e excursionando sem parar com os Foo Fighters, o multiinstrumentista e compositor Dave Grohl disse em entrevista à rede CNN que a banda irá dar um tempo após o fim da turnê.

O ex-baterista do Nirvana comentou que vai honrar os compromissos de datas já acertados, mas que depois vai entrar feliz neste recesso com seus companheiros de formação.

“Acho que a banda decidiu parar um pouco, não por falta de interesse em fazer música. Todo mundo precisa de um tempo da gente”, comentou ele, dizendo que é hora de partir para um novo capítulo da carreira dos integrantes da banda.

A Sony Music, gravadora do grupo, lançou neste ano uma coletânea com os maiores sucessos da banda, o que deixou o vocalista e compositor do Foo Fighters descontente.

“Para mim, este lançamento parece ainda muito prematuro, já que ainda somos uma banda funcional e ativa”, comentou Grohl. “Essas coisas podem parecer um obituário. Nos pediram para lançar essa coletânea a muitos anos. Foi um contrato assinado há um tempão atrás.”

“A Sony esteve nos pedindo isso há uns quatro anos. Nós dizíamos que ainda precisávamos de mais alguns hits, entende?”, continuou Grohl. “É como um guia de estudos do que nós fizemos nesses últimos 15 anos, mas acho que haviam músicas melhores para entrar nesta lista de faixas.”

Foo Fighters lança Greatest Hits e dá um tempo na carreira, diz Dave Grohl

Sem mais artigos