A França continuará sendo o principal destino turístico mundial em 2009, já que a queda do turismo está ocorrendo “nas mesmas proporções” no mundo todo, afirmou hoje o secretário de Estado de Turismo francês, Hervé Novelli.

Neste sentido, Novelli disse à emissora de rádio Europe 1 que a queda de turistas estrangeiros que visitam a França é de “cerca de um terço” a respeito do ano passado, e acrescentou que os campings registrarão “um ano recorde”.

Os hotéis de luxo são os que estão sofrendo a menor ocupação de turistas estrangeiros.

“Nesta temporada, devemos registrar uma queda em comparação ao ano passado, mas não será uma catástrofe”, disse o secretário de Estado de Turismo.

A Côte D’Azur, no sudeste do país, foi “muito frequentada” no mês de julho, e acrescentou que continua sendo “o destino preferido” de muitos estrangeiros.

“Os franceses saíram mais em agosto do que em julho e isso deveria compensar, em parte, a queda dos turistas estrangeiros”, concluiu.

Sem mais artigos