Enquanto o mundo inteiro endurece as leis para restringir o fumo, a província chinesa de Hubei faz exatamente o oposto. Lá, os funcionários públicos não são apenas incentivados a fumar: eles são praticamente obrigados.

Sob a alegação de que os servidores devem ajudar a “melhorar a economia local”, o governo da cidade de Gong’an determina uma cota e até quais marcas deverão ser compradas. E aqueles que não cumprirem essas metas recebem multas.

A determinação é que as agências governamentais e instituições locais consumam 230 mil maços por ano, todos produzidos na própria província. O que significaria aproximadamente R$ 1,2 milhão em cigarros.

Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da Internet está a um clique daqui!

Funcionários chineses são obrigados a fumar

Sem mais artigos