Gisele Bündchen, a modelo mais bem paga do mundo, disse que o sucesso não traz a felicidade, pois há cinco anos, já no ápice de sua carreira, “bebia muito vinho, fumava demais e comia toda hora um cheeseburguer”.


 


“Estava tão cansada e trabalhava tanto que estava quase inchada. Tinha sucesso, mas era completamente infeliz”, assinala na nova edição da revista alemã Life&Style.


 


A espetacular modelo, que se casou este ano com o jogador de futebol americano Tom Brady e cujos rumores dizem que está grávida, disse que o segredo de sua beleza é simplesmente “ser feliz”.


 


“Quando você está feliz, propaga luz do seu interior. Mas nem sempre foi assim. Quando comecei nesta indústria, era ainda muito insegura. Então não me via absolutamente bonita”, diz.


 


Na entrevista, a modelo afirma que durante sua época mais difícil sempre teve “um contato próximo” com seus amigos de infância, que a ajudavam a “manter os pés no chão”.


 


Sobre a fama, afirma que para ela é indiferente que as pessoas a reconheçam nas ruas, mas acrescenta que, na maioria das vezes, é “desagradável”.

Sem mais artigos