O governo do Reino Unido pode recorrer a poderes especiais e obrigar a BBC a transmitir aulas pela televisão caso a pandemia de gripe suína leve ao fechamento das escolas do país.

Segundo o jornal The Times, o Governo estuda a possibilidade de acionar pela primeira vez uma cláusula de emergência no contrato que tem com a emissora pública para levar a escola diretamente aos lares.

A publicação cita Chris Keates, diretora-executiva do sindicato de professores NASUWT, o maior do Reino Unido, que está envolvida diretamente na elaboração de um plano de emergência desse tipo.

O acordo que o Governo assinou com a BBC prevê que, em caso de emergência, qualquer ministro pode obrigar a emissora a “divulgar ou distribuir qualquer anúncio ou programa”.

Segundo Keates, o Governo chegou a pensar inicialmente em usar a Internet, mas considera a televisão mais eficaz, já que nem todos os lares do Reino Unido têm acesso à conexão de banda larga.

Fontes da BBC afirmam, no entanto, que o acordo não dá ao Governo o direito de decidir a programação da emissora pública.

“Tomar o controle da programação equivaleria a controlar a BBC, o que destruiria a reputação de imparcialidade de que gozamos no mundo todo”, disse uma fonte da emissora.

Governo britânico pode obrigar BBC a transmitir aulas pela TV por causa da gripe

Sem mais artigos