O comitê da candidatura do Rio de Janeiro aos Jogos de 2016 apresentou nesta quinta-feira (30) as garantias financeiras da proposta à comissão de avaliação do Comitê Olímpico Internacional (COI), que está na cidade carioca para inspeção. A encarregada de garantir o apoio governamental foi a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, virtual candidata do Partido dos Trabalhadores (PT) nas eleições presidenciais de 2010.


 


Dilma ratificou o acordo entre os três níveis de Governo para cobrir o orçamento da candidatura, que é de US$ 2,815 bilhões, e o referente às infraestruturas, que soma US$ 11,617 bilhões. Segundo ela, os valores são sustentáveis. “Não queremos elefantes brancos, e sim infraestruturas ligadas ao desenvolvimento social e do país”, disse a ministra.


 


O presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, também apresentou garantias financeiras e mostrou dados sobre o crescimento econômico dos últimos anos e a estabilidade das contas públicas, que se manterá, segundo ele, apesar da crise. “É muito importante ressaltar que a dívida pública caiu nos últimos anos e continuou descendo durante a crise graças às reservas de US$ 206 bilhões”, argumentou Meirelles.

Sem mais artigos