Liderados pelo golpista Roberto Micheletti, o governo de Honduras decretou nesta segunda-feira (28) o fechamento da rádio Globo de Tegucigalpa, emissora de oposição ao regime.

Cerca de 20 pessoas das forças de segurança tomaram o edifício da rádio por volta das 5h30 (horário local) e tiraram o sinal do ar.

Já a emissora de televisão 36, que também se colocou em oposição a Micheletti, se encontrava na manhã desta segunda cercada por militares e o sinal estava fora do ar, ainda que não tenha sido confirmada se as instalações da TV tenham sido invadidas.

As duas ações acontecem após o decreto do governo que suspendeu as garantias constitucionais por 45 dias. A medida restringe as liberdades de circulação e expressão, e proíbe as reuniões públicas, entre outras medidas.

Sem mais artigos