A gigante do mercado fonográfico EMI finalmente fechou um acordo com o portal Project Playlist para a livre utilização das músicas de seus artistas abertamente entre os usuários do site.

O portal permite aos usuários cadastrados trocar abertamente músicas de sua preferência e ainda formar listas de execução para compartilhar entre os outros usuários do serviço.

A RIAA, órgão máximo da união das gravadoras norteamericanas, já havia processado o site sob as leis de copyright dos Estados Unidos, já que o portal tem sua sede na região de Palo Alto, Califórnia.

Porém o Project Playlist, que tem mais de 42 milhões de usuários cadastrados, conseguiu firmar um acordo para oferecer na rede o catálogo completo da gravadora, o que deve encerrar o processo por violação de direitos autorais.

Entre os selos pertencentes à “major” estão Angel, Astralwerks, Blue Note, Capitol, Capitol Nashville, EMI Classics, EMI CMG, EMI Records, EMI Televisa Music, Manhattan, Mute, Parlophone e Virgin.


Sem mais artigos