Uma fiscalização do Ibama flagrou, nesta última quinta-feira (16), 600 metros cúbicos de madeira retirada de um dos locais mais preservados da Amazônia, a Reserva Biológica de Abufari.
 
A madeira estava sendo transportada em forma de jangadas – os troncos eram colocados na água, presos entre si e puxados por um barco. O volume confiscado equivale a 35 caminhões carregados.

Segundo investigações do Ibama, a madeira foi cortada na reserva, e depois foi transportada por centenas de quilômetros pelos rios Purus e Solimões até Manacapuru – onde seria serrada.

Entretanto, os madeireiros fugiram e não foram autuados pelo Ibama.

Sem mais artigos