Os bookmakers da Inglaterra, famosos por organizarem apostas em esportes, no mundo da música e em diversos e incontáveis outros mercados, podem perder mais de £ 1 milhão depois que o <b>Rage Against The Machine</b> ficou em primeiro lugar entre os singles mais vendidos da semana no Reino Unido.

O fato muito pouco provável se deve a uma massiva campanha no site de relacionamentos <i>Facebook</i> para impedir o cantor <b>Joe McElderry</b>, vencedor da mais recente edição do programa <i>The X-Factor</i>, de chegar ao topo das paradas na semana de natal

Acontece que nos últimos anos, não houve sequer uma oportunidade em que o single de natal do Reino Unido não foi vencido pelo campeão do <i>X-Factor</i>. Por isso, quando a campanha começou, os recebedores de apostas estavam pagando £ 100 para cada libra esterlina apostada.

“Nós chegamos a discutir se voltaríamos a abrir apostas para o single número um de natal, porque o vencedor do X-Factor sempre parece imbatível”, explicou o porta-voz. “É difícil saber o quanto perdemos nessa. Mas não tenho dúvida que a indústria de apostas terá de pagar um número de seis dígitos. Pode ser muito mais de £ 1 milhão.”

A vitória foi um forte golpe na indústria comandada pelos bookies há anos e serviu para mostrar o tamanho da mobilização das pessoas com campanhas organizadas espontaneamente via internet.

Sem mais artigos