O atacante Amauri na seleção italiana é uma novela praticamente sem fim. Na sexta-feira (dia 6), o jornal italiano “Gazzetta dello Sport” revelou que a presença do matador da Juventus na equipe nacional é questionada pelos demais atletas.


 


Apesar de ter o apoio do treinador Marcelo Lippi e de sua esposa ter finalmente conseguido a nacionalidade italiana, Amauri não é um nome que agrada os jogadores da seleção. No entanto, apenas o volante Gattuso se manifestou publicamente.


 


Entre os nomes revelados pelo jornal aparecem o de Del Piero, Iaquinta e Di Natale, todos atacantes que disputariam uma vaga direta com o jogador brasileiro. A situação de Amauri se complica pelo histórico de Lippi que sempre respeita as opiniões do grupo de atletas.


 


Em contrapartida, o goleiro Buffon, considerado um dos maiores da história do futebol italiano, apoia a presença de Amauri no ataque da “Azzurra”. O motivo da campanha do arqueiro é por eles serem companheiros de clube.

Sem mais artigos