O vice-presidente da República, José Alencar, deixou há pouco o Hospital Sírio-libanês, em São Paulo, onde estava internado desde a última quinta-feira (17). Ele passou por um tratamento para combater uma pancitopenia, que é uma redução de elementos de defesa no sangue.


 


Alencar disse que permanece em São Paulo e fará novos exames na segunda-feira (21) para avaliar se tem condições de passar por uma quimioterapia na terça-feira.


 


Ao sair do hospital, o vice-presidente disse estar bem e acompanhando as notícias sobre a economia brasileira. “As notícias muito boas são de que a economia vai bem e de que o Brasil superou as dificuldades, praticamehte, em tempo recorde”, afirmou.


 


Segundo ele, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva tinha razão ao dizer que a crise financeira internacional iniciada em setembro de 2008 seria uma “marolinnha”, diferente das tempestades das crise anteriores. “É que o Brasil é forte, e a crise foi dominada”, ressaltou.


 


Apesar dos elogios, Alencar criticou os juros cobrados na economia brasileira. “Vencemos isso tudo, apesar desses juros altos”. Para ele, o Brasil deveria praticar taxas menores, de acordo com o padrão internacional.
 

Sem mais artigos