Em tempos de crise econômica, quem deve estar rindo sem motivo aparente é o técnico português José Mourinho, da Internazionale de Milão. Nesta sexta-feira, o jornal italiano La Gazzetta dello
Sport
revelou que, além de ele ser o treinador mais bem pago da Itália, também o homem melhor remunerado do Calccio.

Em uma lista que contou com treinadores e com os jogadores da Série A italiana, o comandante da Inter encabeçou o ranking de homens mais bem pagos com a quantia de 11 milhões de euros anuais, aproximadamente, R$ 32 milhões.

A parada não foi tão difícil assim para Mourinho. Além dele, apenas 6 técnicos superam a ‘singela’ marca de 1 milhão de euros anuais: Prandelli,  da Fiorentina, Gasperini, do Genoa, Ranieri, da Roma, Ferrara, da Juventus, o brasileiro Leonardo, do Milan, e Donadoni, do Napoli.

Sem mais artigos