Rodney Bradford, de 19 anos, foi a primeira pessoa no mundo a usar como álibi uma atualização no Facebook. O jovem foi acusado de roubo, mas alegou que no momento do crime, seu perfil na rede social foi atualizado. A Justiça norte-americana entendeu que o próprio Rodney havia postado a mensagem e, portanto, não poderia ser autor do crime.

No mesmo horário do assalto, que aconteceu dia 17 de outubro, às 11h49, uma mensagem foi enviada ao Facebook pelo computador da casa dos pais de Rodney, em Harlem, NY. O post, que dizia “cadê minhas panquecas?”, foi usado pelo advogado do acusado como álibi, de acordo com o blog The Local, do New York Times.

“Esse é o primeiro caso de que tenho conhecimento em que uma atualização no Facebook foi usada como álibi. Veremos cada vez mais casos como esses, por conta da popularização das redes sociais”, afirmou ao blog John Browning, advogado que estuda os sites de relacionamento e a lei.

O advogado de Rodney alegou que seu cliente havia postado esse conteúdo no momento do crime. A informação foi confirmada, e a Justiça verificou que o computador utilizado para isso era da casa do pai do jovem, como havia sido informado. Com isso, as acusações foram retiradas.

Sem mais artigos