A Prefeitura de Copenhague e o Unicef abriram neste sábado na capital dinamarquesa o Fórum Climático para Crianças, que durante uma semana reunirá 165 jovens de 44 países.

O objetivo é dar oportunidade aos jovens de países ricos e em vias de desenvolvimento para emitir opiniões no debate global sobre mudança climática e influenciar no resultado do acordo que deve ser fechado em 18 de dezembro na Cúpula Mundial sobre Clima.

Durante uma semana, adolescentes entre 14 e 17 anos visitarão diferentes projetos climáticos em Copenhague e participarão de oficinas para discutir assuntos relacionados com o clima com jovens de outros países.

Com sessões a portas fechadas, o fórum se estende até 4 de dezembro com a elaboração de uma resolução final à presidente da cúpula, a comissária europeia do Clima, Connie Hedegaard.

As delegações de cada país participaram anteriormente de oficinas e debates sobre mudança climática com outros jovens em seus respectivos países.

Entre os participantes estarão jovens de países como Espanha, Bolívia, Andorra, Bangladesh, Brasil, China, Dinamarca, Alemanha, Haiti, a Índia, Itália, Quênia, Maldivas, Marrocos, Nigéria, Portugal, Rússia, África do Sul, Turquia, Grã-Bretanha e Estados Unidos.

No salão de atos da assembleia em Copenhague será colocado um painel com os trabalhos elaborados pelas delegações sobre os problemas que a mudança climática já causou em seus países.

Sem mais artigos