Conhecido por seu ceticismo em relação à mudança climática, o britânico Lord Monckton foi alvo de protesto ontem em Copenhague. Enquanto participava de uma mesa-redonda, a sala onde estava foi invadida por diversos jovens dispostos à ridicularizar o lorde. Irritado, Monckton chamou os jovens ativistas ambientais de “juventude hitlerista”.

Apesar do consenso da comunidade científica internacional, o lorde coloca em suspeita as pesquisas que indicam que é a atividade humana, principalmente a queima de combustíveis fósseis, a responsável pelo efeito estufa por conta da grande emissão de gases poluentes, como o CO2. Além disso, aponta que o impacto financeiro de um acordo climático em Copenhague seria devastador para a economia dos países.

Seja como for, não deixa de ser engraçado uma foto que mostra um jovem ativista posando ao lado do lorde que, por sua vez, provavelmente não sabia que um adesivo escrito “eu amo mudança climática”, foi colado no seu paletó.

As fotos são de Matthew McDermott, do site TreeHugger, e foram reproduzidas sob a licensa Creative Commons

Sem mais artigos