O meia-atacante Kaká compareceu nesta
segunda-feira em São Paulo a um culto da igreja evangélica Renascer
em Cristo, horas depois de receber autorização para deixar a
concentração da seleção brasileira para fazê-lo.

Assim como Luís Fabiano, Lúcio e Ramires, Kaká não joga contra o
Chile na quarta-feira, em Salvador, em partida válida pelas
Eliminatórias Sul-Americanas à Copa do Mundo de 2010. Os quatro
foram suspensos após tomar o segundo cartão amarelo na competição.

Ontem, o meia-atacante do Real Madrid recebeu permissão da
Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para deixar a concentração
da seleção em Salvador e voltar para seu clube.

Antes de seguir para Madri, o jogador foi hoje à sede de sua
igreja, o mesmo local onde se casou, para o lançamento da pedra
fundamental de um novo templo.

A nova edificação substituirá o templo que desmoronou
parcialmente em janeiro deste ano, em incidente que deixou nove
mortos e mais de 100 feridos.

Kaká rezou de mãos dadas com o casal de bispos Estevam e Sonia
Hernandes, líderes da Renascer, que lideraram um culto com a
presença de quase mil pessoas.

O casal Hernandes também é conhecido por seus problemas com a
Justiça. Em janeiro de 2007, Sonia e Estevam foram detidos no
aeroporto de Miami por tentar entrar nos Estados Unidos com mais de
US$ 50 mil não declarados escondidos em uma Bíblia e em outros
objetos.

Kaká doou à Renascer o troféu de Melhor Jogador do Mundo
concedido pela Fifa em 2007. Sua esposa, Caroline Celico, anunciou
neste ano sua intenção de abrir uma sede da igreja em Madri.

Sem mais artigos