“A última coisa de que as pessoas precisam é outra foto sexy de uma pop star deitada na areia, coberta de graxa, se tocando”, desabafa Lady Gaga na revista Elle de janeiro. A cantora-sensação falou à publicação sobre estresse, trabalho, romance e sexualidade.


 


De acordo com a artista, ela batalhou para que as capas de seus álbums não fossem sensuais. “Foi um problema convencer minha gravadora. Briguei por isso durante quatro meses. Eles achavam que as fotos não eram suficientemente comerciais”, contou.


 


Lady Gaga também contou que tem reações estranhas quando fica estressada: “Fico com todos os sintomas de uma mulher grávida. Tenho dor de cabeça, fico cansada, minha visão fica turva”.


 


Sobre o antigo trabalho de garçonete, a cantora se diz muito orgulhosa: “Eu era muito boa naquilo. (…) Contava histórias a todo mundo, e também deixava os encontros dos casais ainda mais românticos. Era uma espécie de performance”.


 


A artista ainda revelou que, por trás da imagem de maluquete, ela quer ter uma família certinha. “Daqui a oito ou dez anos quero ter filhos para meu pai carregar no colo. Também quero ter um marido que me ame e me apoie, assim como todo mundo quer. Mas jamais deixaria minha carreira por um homem”.

Sem mais artigos