O escritor Aguinaldo Silva, responsável pelo roteiro do filme Roque Santeiro, falou ao Jornal da Tarde que o longa terá algumas diferenças em relação à novela, exibida originalmente em 1985.


 


As diferenças começam pelo protagonista, que é negro e bem diferente do original (interpretado por José Wilker). O escolhido para atuar no longa é o ator baiano Lázaro Ramos, que está radiante por poder interpretar um de seus personagens favoritos.


 


Aguinaldo Silva vai aproveitar o gancho para introduzir críticas sociais. “O Roque não irá voltar para Asa Branca só pela Porcina, eu farei críticas ao Brasil atual. O Lázaro vai revolucionar”.


 


O conhecido autor de novelas ainda revelou que a Viúva Porcina (Fernanda Torres) vai manter seu jeito “arretado”, mas Sinhozinho Malta (Antônio Fagundes) será um pouco galã.

"Lázaro Ramos vai revolucionar", diz Aguinaldo Silva

Sem mais artigos