O apresentador de TV Leão Lobo deu show de sinceridade ao falar sobre Clodovil nesta terça-feira (18/3). Lobo disse que, embora lamente a morte do deputado e estilista, como faria com qualquer pessoa, se disse incapaz de sentir a perda.

“Lamentar como perda seria hipocrisia de minha parte. Eu, pessoalmente, nunca tive grandes problemas, mas vi ele fazendo (maldade) com outras pessoas.”

“Ele foi uma das pessoas mais cruéis que já conheci”, emendou o apresentador, falando com o site Terra. “Ele tentou ser meu amigo, mas era uma pessoa tão desagradável, que não deu para ser amigo dele. Tudo o que eu vi foi tão feio.”

Sobrou também para a postura política de Clodovil que, apesar de gay assumido, sempre rechaçou o movimento homossexual. “As atitudes que ele teve como político, usando essa coisa de ser gay, sem nunca ter feito nada pelos gays. É uma vergonha para a gente ele ter sido eleito. Parece que foi eleito por nós. Ele nunca me representou”.

Sem mais artigos