O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, foi obrigado a adiar um ato oficial que estava previsto para amanhã por ter contraído escarlatina, uma doença contagiosa mais comum em crianças, informa hoje o site do jornal Corriere della Sera.

Segundo o site, a doença, de caráter leve e que pode ter sido contraída pelo primeiro-ministro de um de seus netos, mantém aberta a agenda oficial de Berlusconi para os próximos dias, já que agora todos os atos previstos estão pendentes de confirmação de acordo com sua recuperação.

Fontes do Governo da Itália consultadas hoje pela Agência Efe recusaram fazer comentários sobre a possibilidade de que o político tenha se contagiado com a doença, que produz erupções cutâneas e que pode reaparecer várias vezes durante a vida.

O Corriere della Sera afirma que já foi adiada a inauguração de um complexo de casas na região dos Abruzos, devastada pelo terremoto que deixou 299 mortos no dia 6 de abril, e que estava prevista para amanhã.

Líder italiano contrai doença mais comum em crianças

Sem mais artigos