O atacante naturalizado português Liédson disse hoje que a eventual presença de Cristiano Ronaldo em campo daria “força extra” à seleção de Portugal, que no sábado enfrenta a Bósnia em busca de uma vaga na Copa do Mundo de 2010.

“Motivamos ele para que esteja presente e nos possa ajudar, mas se não for possível, lhe desejamos sorte para que se recupere e esteja conosco o mais rápido possível”, declarou à imprensa lusa o atacante do Sporting Lisboa.

Liédson, de 31 anos e recentemente naturalizado português, lembrou também que o astro do Real Madrid é “um excelente” jogador e destacou sua contribuição para a seleção lusa.

A possível participação de Cristiano Ronaldo, que um problema antigo no tornozelo agravado em 10 de outubro a serviço de sua seleção, gerou diferentes reações na Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e no Real Madrid, que resiste a aceitar que o atacante entre em campo.

A seleção portuguesa enfrentará a Bósnia nos próximos dias 14 e 18 de novembro, no confronto válido pela repescagem das Eliminatórias Europeias e que dará uma vaga na Copa de 2010, na África do Sul.

Sem mais artigos