O presidente Luiz Inácio Lula da Silva telefonou hoje (6) para a governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB), e colocou o Ministério da Integração Nacional à disposição do estado para eventuais repasses de recursos destinados a recuperação de áreas afetadas pelas enchentes. Lula também se solidarizou pelas vítimas das fortes chuvas que têm atingido, principalmente, a região central gaúcha.

Durante a conversa com Yeda, o presidente lembrou que no fim do ano passado foi editada uma medida provisória autorizando a liberação de crédito extraordinário no valor de R$ 742 milhões para atender as vítimas da enchente no Sul e no Sudeste, além das populações afetadas pela seca no Nordeste.

Pelo menos duas mortes já foram registradas no Rio Grande do Sul em decorrência do aumento das chuvas nos últimos dois dias. Segundo a Defesa Civil gaúcha, já chegam a 57 o número de cidades afetadas pelas enchentes.

Sem mais artigos