Uma pesquisa divulgada nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelou que mais de 70% dos estudantes brasileiros que estão no 9º ano do ensino fundamental (equivalente à 8ª série), tanto de escolas particulares como de colégios públicos, já experimentaram álcool, sendo que 24% dos 618,5 mil jovens que participaram do levantamento utilizaram cigarro.

Já 22% dos questionados admitiram que ficaram bêbados, apontou o levantamento, que tinha por objetivo identificar os diferentes fatores de risco à saúde dos jovens, incluindo tabagismo, álcool, alimentação inadequada e sedentarismo, razão pela qual foi realizado no Distrito Federal e nas demais 26 capitais.

De acordo com a pesquisa, a cidade com maior percentual de jovens fumantes é Curitiba, com 35%, aparecendo na sequência Campo Grande, com 32,7%, e Porto Alegre, com 29,6%. O fumo é mais comum entre os alunos de escolas públicas (25,7%), já que apenas 18,3% dos jovens que estão em colégios particulares experimentaram o cigarro.

Quase 30% dos questionados confirmaram que já mantiveram relações sexuais, 8% utilizaram drogas como cocaína, maconha e lança perfume (10,6% dos homens e 6,9% das mulheres) e quase 60% são sedentários, especialmente as meninas (68,7%). A pesquisa mostrou ainda que 62,6% dos estudantes comem feijão, alimento mais consumido, e mais de 37% confirmaram que beberam refrigerante em ao menos cinco dias da última semana antes da aplicação do questionário.

Sem mais artigos