O técnico da Argentina, Diego Maradona, cortou o meia Juan Sebastián Verón e o atacante Carlos Tévez do amistoso contra a Rússia, marcado para o dia 12 de agosto, em Moscou.

O médico da seleção, Donato Villani, explicou que os dois atletas ainda não se recuperaram de suas respectivas lesões. O jogador do Estudiantes sofre com uma fadiga muscular, enquanto o novo reforço do Manchester City tem uma entorse no tornozelo.

O corte de Tévez causou certa surpresa, já que a federação local havia informado nesta terça-feira que o atacante estava recuperado. Segundo fontes da federação argentina, Maradona não convocará substitutos para o amistoso contra os russos.

Sem mais artigos