Abriu neste sábado (16/05) a exposição Arte na França 1860-1960: O Realismo, mais um evento do calendário do Ano da França no Brasil. Cerca de 70 obras vindas de importantes museus franceses (como Musée D’Orsay e Centre Pompidou), e da Coleção Berardo, de Lisboa, foram compiladas junto a mais de 50 obras do acervo do Masp para compor a grandiosa exposição, que em julho segue para o Museu de Arte do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre.

Grandiosa é pouco para descrever uma exposição que inclui nomes como Courbet, Monet, Van Gogh, Degas, Renoir, Cézanne, Balthus, Millet, Dérain, Miró, Dalí e Picasso, com mais de 100 trabalhos produzidos sob influência do realismo francês, em suas mais diversas e contraditórias manifestações. A mostra inclui ainda trabalhos de brasileiros desenvolvidos na França, como Cândido Portinari, Almeida Junior, Iberê Camargo, Lasar Segall e Guignard.

Arte na França 1860-1960: O Realismo
Até 28 de junho
MASP – Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand
Av. Paulista, 1.578, , tel. (11) 3251 5644
Horário: terça-feira a domingo e feriados, das 11h às 18h; quinta até 20h.
Ingresso: R$ 15 (inteira) e R$ 7 (estudante), gratuito às terças-feiras e diariamente para menores de 10 anos e maiores de 60 anos.
www.masp.art.br

Sem mais artigos