O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, assinou nesta quinta-feira (15) portaria que autoriza o Ministério da Educação a contratar mais 455 professores de ensino básico, técnico e tecnológico para instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica.


 


A autorização, que será publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (16), eleva para 3.190 o total de contratações feitas pelo MEC neste ano, com o objetivo de fortalecer as escolas federais do país. Os novos selecionados em concursos públicos serão nomeados a partir deste mês.


 


O número de professores designados para cada instituição de ensino será definido pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, e a responsabilidade pela verificação prévia das condições para nomeação será da direção da escola, à qual compete também a elaboração dos atos administrativos necessários. 


 


Nos meses de agosto e setembro deste ano, foi autorizada a nomeação de 2.735 professores e técnicos, sendo  1,5 mil professores de nível superior.

Sem mais artigos