O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, garantiu nesta quinta-feira (23) que há medicamento suficiente para atender a todos os casos de Influenza A (H1N1) – gripe suína – no país.

Temporão disse que nove milhões de kits para tratamento estão estocados na Fiocruz, no Rio de Janeiro, e mais um milhão de kits deverá chegar ao Brasil nas próximas semanas. “O Brasil está preparado. A rede de serviços de saúde está preparada para atender as pessoas”.

Segundo o ministro, neste momento é importante prevenir a população e evitar novas mortes. “Da mesma maneira que estávamos preparados para, durante 80 dias, impedir que o vírus entrasse no Brasil e circulasse aqui, agora estamos prontos para uma nova etapa. Temos que ter informação adequada”, disse Temporão, ao participar do programa Bom Dia, Ministro, nos estúdios da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

Temporão lembrou que os sintomas da gripe suína são similares aos da gripe comum, que mata 70 mil pessoas por ano no Brasil. E alertou: pessoas com febre acima de 38º, tosse, dor de garganta, dor no corpo, dor nas articulações ou dificuldade para respirar devem procurar o serviço de saúde e não o hospital. “Os hospitais estão preparados para atender os casos graves que necessitam de internação.”

O ministro negou ainda a informação de que o vírus seja mais forte do que o da gripe comum. Segundo ele, em pesquisas feitas em ratos e furões, houve a sugestão de que o vírus seja mais agressivo, “mas não se pode fazer a mesma ilação para humanos”.

Sem mais artigos