A 13ª Parada Gay da cidade de São Paulo, que promete reunir cerca de 3,5 milhões de pessoas, contará com um esquema especial de transporte e segurança. Confira o que vai mudar neste domingo (14).

Vias interditadas

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) vai monitorar o trânsito na região da avenida Paulista das 10h00 às 21h00. O percurso previsto tem início na avenida Paulista, sentido Paraíso, entre a rua Peixoto Gomide e alameda Casa Branca. Os participantes deverão prosseguir em direção à rua da Consolação, sentido Centro, e finalizar a caminhada na praça Roosevelt.

Entre 10h00 e 11h30
– Avenida Paulista será interditada, em ambos os sentidos, no trecho entre a alameda Joaquim Eugênio de Lima e rua Peixoto Gomide.
 
A partir das 11h30
– Avenida Paulista será interditada, em ambos os sentidos, no trecho entre as ruas Peixoto Gomide e da Consolação.
 
A partir das 12h00
– Rua da Consolação será interditada, em ambos os sentidos, entre as avenidas Paulista e a Ipiranga;

– Rua da Consolação, sentido Centro, pista da direita, será interditada entre as avenidas Ipiranga e São Luis;

– Rua Rego Freitas será interditada entre as ruas da Consolação e a Major Sertório;

– Avenida Ipiranga será interditada entre a rua da Consolação e a avenida São Luís.

Para maiores informações, clique aqui e veja as recomendações e alternativas indicadas pela CET.

Metrô

De acordo com a assessoria do Metrô, a linha 2-Verde terá a oferta de trens reforçada durante todo o dia. Serão oito trens em circulação pela manhã, 12 no período da tarde e oito à noite, realizando 615 viagens. Isso representa um aumento de 160 viagens em relação a um domingo normal.

O Metrô recomenda que os usuários dêem preferência para as estações Consolação e Brigadeiro que oferecem mais conforto no embarque e desembarque, e evitem a estação Trianon-Masp, local onde ocorre a concentração. Na linha 3-Vermelha, a estação República estará cos acessos Ipiranga e Praça fechados a partir das 12h.

O número de seguranças do Metrô será reforçado nas estações Paraíso, Brigadeiro, Trianon-Masp, Consolação, República e Sé. Para a orientação do público, o Metrô também informou que fixará cartazes e utilizará o sistema de som das estações para auxiliar os usuários.

Ônibus

Em virtude da interdição da avenida Paulista e da rua da Consolação, 55 linhas de ônibus vão fazer trajetos alternativos entre 10h e 20h.

Para ver quais as linhas e itinerários do domingo, clique aqui.

Polícia

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, mais de mil policiais militares vão fazer a segurança do evento. A equipe estará dividida em três setores (Paulista, Consolação e Dispersão) e cada um deles será comandado por um major, que contará com apoio das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam), do helicóptero Águia e da Força Tática.

O policiamento estará presente no local dos eventos, nas vias de acesso e nas proximidades de estações de trem e metrô. O policiamento visa conter a ação de grupos não simpatizantes às manifestações.

Este ano, a PM terá como um dos focos de suas ações a apreensão de bebidas alcoólicas vendidas irregularmente. Ao todo, sete baias de segurança espalhadas pelo trajeto abrigarão os containeres destinados ao recolhimento de bebidas alcoólicas comercializadas irregularmente por ambulantes. Nesses locais, as equipes também vão prestar socorro à população com o auxílio do Corpo de Bombeiros e da Guarda Civil Metropolitana.

Sem mais artigos