O jornalista e humorista Millôr Fernandes está processando a revista Veja por publicar material seu sem autorização. Ele quer uma indenização de R$ 500 mil.

Millôr escreveu e desenhou colunas para a Veja entre 1968 e 1982 e entre setembro de 2004 e setembro de 2009. Quando a revista disponibilizou todo seu conteúdo na internet, a fase mais recente de Millôr na revista tinha permissão contratual de fazer parte desse material, mas não a primeira.

Segundo Millôr disse ao portal R7, negociações com a revista não deram em nada. Depois de um tempo, o jornalista recebeu um comunicado de que seu contrato não seria renovado e que a revista não removeria nenhuma coluna de sua versão virtual. A revista não quis se pronunciar.

Millôr Fernandes processa revista Veja por uso indevido de material

Sem mais artigos