Três meses depois de fazer a cirurgia de redução do estômago, Fausto Silva já perdeu 25 quilos e todo seu guarda-roupa. Mas ele não pretende deixar de ser o “Faustão”, e critica aqueles que dizem que pessoas que emagrecem muito são chatas. “Então coloca um hipopótamo para apresentar o programa”, disse o apresentador à revista Go’Where. “Eu tinha de optar entre minha saúde e minha figura televisiva – e minha saúde está em primeiro lugar”, continuou.


 


Faustão, que renovou o contrato com a Globo até 2017, afirmou que não quer fazer apologia da cirurgia, pois o verdadeiro resultado só aparece após um ano: “Minha relação com a comida mudou. Não sinto fome. O começo foi espetacular: 15 quilos em um mês. Parei de tomar remédios. Tem de esperar para ver se vou perder o que tenho de perder e se minhas taxas ficarão normais. (…) Perdi toda a roupa (…) Meus armários estão vazios”.


 


O apresentador revelou que seu pico foram 152 quilos. “Ultimamente, estava com 132. E saí do hospital com 131,700. Pesei hoje, estou com 105. Vou chegar a 95, 98”, contou.


 


Sobre sua fama de generoso, Faustão disse que é uma questão de inteligência: “Quando você vem para o mundo, não basta ser feliz, tem de espalhar sua felicidade para o maior número possível de pessoas. Não é ser bonzinho, é ser inteligente, não adianta ficar engaiolado em condomínio”.

Sem mais artigos