O Ministério Público Federal (MPF) solicitou informações a órgãos públicos e deve apurar as causas do apagão ocorrido da noite da terça-feira (10). Entre os órgãos que devem enviar documentos ao MPF em até 72 horas estão o Ministério de Minas e Energia, a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), o ONS (Operador Nacional do Sistema) e a Usina de Itaipu. As informações são do blog do jornalista Josias de Souza.

Ainda segundo Josias, além de apurar os responsáveis, o procurador da República Marcelo Ribeiro de Oliveira quer investigar também se o governo dispunha de um plano de emergência, com medidas destinadas a evitar o colapso do sistema.

A interrupção do fornecimento de energia elétrica iniciada na última terça afetou 18 Estados, mais o Distrito Federal. O governo justificou que fenômenos climáticos como descargas atmosféricas, ventos e chuvas muito fortes na região de Itaberá (SP) foram a causa do desligamento de três linhas de transmissão e o consequente desligamento da usina hidrelétrica de Itaipu.

Sem mais artigos