O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro protocolou na terça-feira (17) uma denúncia contra os dois policiais militares envolvidos na morte do coordenador do AfroReggae, Evandro João da Silva, baleado em outubro durante um assalto.

Os policiais Dennys Leonard Nogueira Bizzarro e Marcos de Oliveira Sales foram denunciados por furto qualificado e prevaricação. Bizzarro também foi denunciado por falsidade ideológica.

O MP entende que a prisão em flagrante de Reginaldo Martins da Silva e Rui Mário Mauricio de Macedo não aconteceu por “interesses pessoais e por comodismo”. Segundo argumentou a promotora Christiana de Souza Minayo, os policiais pegaram um agasalho e um par de tênis que os criminosos haviam roubado de Evandro.

O órgão também deve protocolar uma denúncia para que seja apurado se houve crime de homicídio por omissão, já que os policiais são acusados de não terem prestado soccorro à vítima.

Ministério Público denuncia PMs envolvidos na morte de coordenador do AfroReggae

Sem mais artigos