Essa ele não podia prever. Além de estar disparado no bolão do aquário, o polvo Paul agora é assunto pelo mundo todo. Mas os mais interessados querem saber se ele vai ou não vai para a panela. Até uma ministra espanhola pediu segurança extra para o polvo.

De um lado, a torcida da Alemanha, país onde ele vive, quer gralhar o molusco vidente. Depois de acertar todos os jogos da Alemanha na Copa, inclusive as duas derrotas, para a Sérvia e Espanha, o polvo ficou famoso. Mas quando ele escolheu a bandeira da Espanha, acabou ganhando a antipatia do povo alemão. E mais uma vez ele cravou o resultado: deu Espanha na cabeça. Na cabeça de Pujol!

Na defesa está a Ministra do Meio Ambiente da Espanha, Elena Espinosa. Ela pediu na quinta-feira (8) que o povo alemão não coma o polvo. Ela disse que a culpa não é dele, e que o mérito é todo dos jogadores espanhóis. Na segunda-feira ela vai fazer o apelo na reunião do conselho de ministros da União Européia.

A porta-voz do aquário Sea Life em Oberhausen, Tanja Munzig, garantiu que por lá ninguém vai fazer mal ao animal. Ainda bem, porque tem muita gente só esperando o palpite dele para fazer suas apostas da final.

Sem mais artigos