Morreu na madrugada desta quarta-feira o médico ginecologista e deputado federal José Pinotti. Segundo o Hospital Sírio-Libanês, na zona sul de São Paulo, ele tinha 74 anos e lutava contra um câncer.

Pinotti estava internado devido a complicações de um tumor no pulmão e morreu às 3h45. Ele deixa mulher, a professora universitária Suely Pinotti, dois filhos e cinco netos.

O velório acontecerá na faculdade de Medicina da USP, às 11h desta quarta. O enterro ocorre no Cemitério da Consolação (na região central), às 17h.

Medicina e Política

José Aristodemo Pinotti nasceu em São Paulo no dia 20 de dezembro de 1934. Ele era filho do dentista Alfredo Pinotti e da educadora sanitária Anna Bove Pinotti.

Sua primeira formação foi em 1958, pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), onde construiu grande parte de sua carreira. Ele foi diretor executivo do Instituto da Mulher do Hospital das Clínicas de São Paulo e chefe do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia da USP.

Na Universidade de Campinas (Unicamp), Pinotti foi diretor da Faculdade de Ciências Médicas nos anos 70 e ganhou o cargo de professor titular e chefe do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia. Foi reitor da universidade entre 82 e 86.

Especializado em ginecologia pela Università Di Firenze (Itália), o médico era membro da Academia Paulista de Medicina e professor-adjunto da Universidade La Sapienza (Itália).

Na vida política, Pinotti foi secretário da Educação e da Saúde tanto do Estado quanto da Prefeitura, entre 1987 e 95. Em 1995, ele assumiu cargo de deputado federal, pelo PMDB, e conseguiu sua segunda legislatura em 2002. Pelo DEM (ex-PFL), ele foi eleito para seu terceiro mandato.

Morre aos 74 anos o médico e deputado federal José Pinotti

Sem mais artigos