O acervo de Pelé com objetos e documentos do rei do futebol já tem abrigo garantido. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai ceder R$ 6 milhões para a obra do Museu Pelé, a ser erguido pela prefeitura de Santos, no Centro Histórico da cidade. A restauração do Casarão do Valongo, que abriga o museu, começa em janeiro, com prazo de entrega previsto para 2010.

“Agora, o museu ficará definitivamente em Santos, não são mais rumores e ensaios”, comentou Pelé, lembrando que já existiram propostas para levar o museu para outras cidades. “É uma obra que vai dignificar a Baixada Santista e dará oportunidade para que novas gerações tenham acesso ao acervo do Pelé”.

Sem mais artigos