O presidente dos EUA, Barack Obama, pediu desculpas por uma gafe cometida no talk show The Tonight Show, exibido na quinta-feira (19/03). Ele comparou sua habilidade como jogador de boliche à de participantes das Olimpíadas Especiais, evento destinado aos portadores de deficiências mentais.

O “escorregão” ocorreu quando Obama falava sobre a vida na Casa Branca. Ele disse que tem treinado boliche na pista da residência presidencial e que fez 129 pontos, de um total possível de 300. Durante a campanha para presidente, ele fez apenas 37 pontos durante um descontraído evento.

“Foi como as Olimpíadas Especiais, ou algo assim”, disse. Pouco depois da entrevista a Jay Leno, Obama telefonou para o presidente das Olimpíadas Especiais, Tim Shriver, para se desculpar.

Shriver disse publicamente que Obama pediu desculpas de um jeito “muito comovente” e “que não teve a intenção de humilhar a população, não quis constranger ninguém nem dar a ninguém mais causa para dor ou sofrimento”. Shriver explicou que as pessoas devem tirar uma lição do incidente.

O porta-voz da Casa Branca Bill Burton disse que Obama “fez uma observação impensada, zombando de sua própria performance ao jogar boliche, sem qualquer intenção de menosprezar as Olimpíadas Especiais.”

“Ele acha as Olimpíadas Especiais um programa maravilhoso que dá a pessoas portadoras de deficiências, em todo o mundo, uma oportunidade de brilhar”, disse Burton.

Aproveitando-se da situação, Shriver disse que um participante das Olimpíadas Especiais já fez 300 pontos três vezes jogando boliche e falou “que [o rapaz] ficaria mais que feliz em (…) ensinar o presidente a jogar”.

Sem mais artigos