Em busca do aumento de vendas de seus produtos oficiais, os clubes brasileiros resolveram voltar ao passado para resgatar uma alternativa de resultado positivo: os minicraques, jogadores em miniaturas idênticas – ou quase idênticas -,  estão de volta, desta vez, sem que o torcedor precise participar de promoção alguma.

Internacional, com modelos de Nilmar, D’Alessandro e Guiñazu, e Corinthians, com o bonequinho de Ronaldo Fenômeno, foram clubes nacionais que, em 2009, apostaram no lançamento das miniaturas. E eles já colhem frutos: a torcida aderiu, e muitos já levaram seu craque preferido para casa.

Impulsionado pelo sucesso dos minicraques que, inclusive, já são campeões de venda no futebol internacional, o VirgulaEsporte uniu em uma espécie de seleção (que você pode conferir ao lado) os bonecos que já foram confeccionados, mesclando os critérios de semelhança com o atleta original e representatividade que o jogador construiu em sua carreira.

Afinal, só com estes critérios, Pelé e Fábio Aurélio poderiam jogar no mesmo time. Time, este, sem volantes…

Os minicraques voltaram: confira a seleçao VirgulaEsporte dos bonecos já lançandos no mundo

Sem mais artigos