Com o ginásio do Ibirapuera completamente lotado, o Sollys/Osasco quebrou a hegemonia do Unilever/Rio de Janeiro e, após vice-campeonatos seguidos, faturou o título de campeão da Superliga Feminina de Vôlei ao derrotar Rio de Janeiro por aplicou 3 sets a 2 (25-23, 18-25, 19-25, 25-13 e 15-12).

O grande destaque do jogo foi a jovem Natália, do Osasco. Após brilhar durante toda a competição, a atleta terminou a competição como a principal pontuadora.

Sem mais artigos