A mais popular e esperada premiação do cinema vai rolar neste domingo, dia 7, e os ânimos já estão exaltados. É o controverso Oscar. Controverso, porque sabemos que nem sempre os melhores são os vencedores de fato e, por esse motivo, muita gente torce o nariz pra ele. Basta lembrar que Cidadão Kane, considerado o maior filme da história da sétima arte, recebeu nove indicações, mas só levou um: melhor roteiro adaptado.

Tudo isso nada mais é que um jogo da indústria cinematográfica, a famosa máquina hollywoodiana de fazer dinheiro, somado ao reflexo dos filmes na história política, econômica, social e etc do mundo. O fato, por exemplo, de terem aumentado de cinco para 10 indicados neste ano – isso não acontecia desde 1943 – foi para agregar valor aos outros cinco títulos que não têm a menor chance de ganhar, mas poderão estampar na capa do DVD “indicado a Melhor Filme no Oscar”, o que, convenhamos, é um excelente negócio.

Para te ajudar a entender como o seu filme preferido pode chegar ao favoritismo e até mesmo levar a estatueta dourada, o Virgula preparou um especial em tópicos para saber quem são os membros votantes da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas e como eles votam, entre outras curiosidades. É o famoso regulamento da Academia, que nesta semana desclassificou Nicolas Chartier, coprodutor de Guerra ao Terror, após e-mail abusado pedindo votos e denegrido o “filme de 500 milhões de dólares” (leia-se Avatar).

Envelope com a cédula de votação

A REGRA DOS 40 MINUTOS

Para ganhar indicação, um filme deve ter mais de 40 minutos (com exceção, claro, dos curtas-metragens), estrear oficialmente a partir da meia-noite, no início de 1 de janeiro à meia-noite do final de 31 de dezembro, em pelo menos três salas de cinema no distrito de Los Angeles, Califórnia, e ficar, no mínimo, sete dias seguidos em cartaz.

SEIS MIL MEMBROS

Até 2007, a Academia contava 5.835 membros. Atualmente deve chegar próximo de 6 mil e conta com votantes de mais de 10 países. Os membros representam 13 categorias, são elas: Atores, Direção de Arte, Fotografia, Direção, Executivos, Edição de Filme, Música, Produtores, relações Públicas, Curtas-metragens e Animação, Som, Efeitos Visuais e Escritores. Para fazer parte do seleto grupo é obrigatório trabalhar com cinema e/ou já ter sido indicado ao menos uma vez ao Oscar.

Fernando Meirelles: “Tô nem aí pro Oscar…”

BRASILEIROS VIPS

Os brasileiros que fazem parte do grupo VIP são a atriz Fernanda Montenegro (concorreu por Central do Brasil), os cineastas Walter Salles (Central do Brasil), Bruno Barreto (O Quatrilho) e Fernando Meirelles (Cidade de Deus), o roteirista Bráulio Mantovani e o editor Daniel Rezende (ambos por Cidade de Deus). Mas não pense que é uma mamata: para votar é necessário pagar a bagatela de 250 dólares por ano. Curiosidade: em entrevista ao IG, Meirelles disse que não paga há três anos e portanto não vota. Nem a nossa Fernandona nem o roteirista Bráulio Mantovani – estão ocupados demais (então tá!). Apenas Daniel Rezende vota. É ocupado, mas votou.

CADA UM NA SUA

A nomeação de um filme é feita apenas pelos membros que trabalham na categoria para a qual ele é indicado. Por exemplo, montadores votam na categoria de Melhor Montagem, diretores na de Melhor Diretor, fotógrafos na de Melhor Fotografia, atores na de Melhor Ator e assim por diante.

MELHOR FILME

Só uma vez nomeados é que os cinco filmes finalistas de cada categoria podem ser votados por todos os integrantes da Academia. Há apenas duas exceções nesse rolo: Melhor Filme, que é indicado por todos, e o de Melhor Filme Estrangeiro, para o qual existe uma comissão julgadora específica.

DOIS MESES PARA PENSAR

O processo de nomeação começa no início de janeiro, quando a Academia envia aos seus, aproximadamente, 6 mil membros um boletim de voto e uma lista com todos os filmes.

NOVAS REGRINHAS

Até o ano passado, cada membro da Academia apenas marcava um “x” no seu filme preferido. Em setembro de 2009, foram anunciadas novas regras para a escolha do vencedor na categoria de Melhor Filme. Agora, os jurados deverão ordenar, de 1 a 10, os seus favoritos ao prêmio. Isso aumenta as chances de algum azarão (Bastardos Inglórios, por exemplo) roubar a cena e dar a rasteira nos dois favoritos (Avatar e Guerra ao Terror).

PELO CORREIO

Neste ano, em um ato testemunhal, a Academia entregou as cédulas aos correios para que os membros pudessem votar e devolver diretamente à uma empresa terceirizada seus votos antes das 17h local de Los Angeles (23h de Brasília) do dia 2 de março.

CONTADO NA MÃO

O serviço de contagem de votos é feito pela empresa terceirizada e especializada (citada acima): PricewaterhouseCoopers, que passa três dias contando os votos… manualmente.

Oscar 2010 - Entenda como são votados os filmes do Oscar

Sem mais artigos