Jamie Spears, pai e empresário da cantora Britney Spears, está acusando o maior fã-site dedicado a sua filha de violação aos direitos autorais e quer que seu webmaster tire a página do ar.

De acordo com uma reportagem da revista US Weekly, o tutor da cantora afirma que o site está repleto de material protegido e faz uso desautorizado de vídeos, letras, imagens e gravações relacionados à produção musical de Britney.

O dono do site BreatheHeavy.com recebeu na última sexta (27) uma notificação dos advogados do pai da cantora para que retire o site do ar. Se o site continuar funcionando, as ameaças são de obtenção de mandado judicial para derrubar à força o maior site dedicado à carreira da moça.

Jordan Miller, proprietário e webmaster do site, afirmou através do próprio site que gasta cerca de US$ 350 por mês para manter o site funcionando e pede a colaboração dos membros do fã-site para que a página possa continuar online.

“Infelizmente, o suado dinheiro que sustenta sua celebridade favorita está agora sendo usado para me processar, um grande fã e apoiador de Britney Spears, e escondendo a verdade dos fãs”, escreveu ele.

Sem mais artigos