Simon cowell, o polêmico jurado do American Idol, está sendo processado por uma das participantes do seu programa anterior, o inglês Britain’s Got Talent. Emma
Amelia Pearl Czikai considera que foi “humilhada” por ele no programa. E quer receber uma indenização de US$ 3,8 milhões (R$ 6,69 milhões).

A aspirante a cantora não se conformou de ter sido gongada no programa logo que começou a cantar. Veja no vídeo no YouTube (que não pode ser embedado aqui) como aconteceu. Ela desafia Simon, dizendo que “ele deveria dar uma chance para as pessoas”. Ele rebate: “você tem uma voz horrível para cantar.”

Emma, que é nitidamente desafinada e não tem mesmo o menor jeito para cantar, coloca a culpa no microfone e na música de fundo em resposta às críticas do jurado. Simon diz: “Não é a música nem o microfone, é você.”

O programa e Cowell estão sendo acusados de “exploração, humilhação, degradação e barbárie”. Ela também diz que se sentiu discriminada pela produção, que não baixou a música de fundo e lhe deu para usar um microfone com o qual não estava acostumada.

Sem mais artigos