Um estudo encomendado pela Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO, na sigla em inglês) mostrou que a pecuária – criação de rebanhos de gado, porco, carneiros, entre outros animais – é responsável por aproximadamente 51% das emissões de CO2 provocadas por atividades humanas. Os dados foram atualizados dos 18% registrados em uma análise de 2006, para esse elevado valor agora, algo em torno de 32 bilhões de toneladas de gás carbônico por ano.

Os números dizem respeito à toda a cadeia de produção da pecuária, desde a criação do animal, transporte, abate até a distribuição da carne e demais produtos aos consumidores. Um dos responsáveis pelo estudo, Henning Steinfeld, afirma: “a pecuária é uma das atividades que mais contribui para os problemas ambientais da atualidade”.

Sem mais artigos