Aos poucos, o pequeno investidor está  superando o susto do auge da crise internacional no ano passado e já  começa a aplicar novamente seus recursos na Bolsa de Valores de São Paulo.
 
De acordo com dados da Bovespa, publicados na edição desta segunda-feira do jornal Folha de S. Paulo, o número de investidores individuais cadastrados na bolsa chegou pela primeira vez a 555 mil no mês de outubro. Isso representa um aumento de 40 mil novos investidores em apenas um mês.
 
O avanço fica mais evidente quando os números são comparados com dois anos atrás, época que este cadastro tinha 310 mil nomes. Esse crescimento do número de investidores se manteve acelerado até o começo do segundo semestre do ano passado. Com a crise, poucas pessoas se arriscaram a entrar na bolsa.
 
A escalada da busca por investimento na Bovespa acontece justamente momento de recuperação do mercado de ações. Desde janeiro, o principal índice da bolsa, o Ibovespa (composto pelas 66 ações mais negociadas) acumula alta de 71,7%. Essa valorização fica apenas atrás da conseguida em 2003, quando subiu 97,3%.

Pequenos investidores estão voltando à Bovespa

Sem mais artigos