Durante o fim de semana, os dois líderes do finado Libertines se viram no meio de uma confusão no festival Camden Rocks, que acontece simultaneamente em várias casas londrinas, com intervenções policiais nos dois shows.

Carl Barat e Pete Doherty apresentaram-se no mesmo dia em dois locais diferentes, ambos com público acima da capacidade das casas onde ocorreram as apresentações.

Doherty apresentou-se mais cedo no clube Underworld, tocando muitas coisas dos Libertines, além de canções de sua carreira solo e dos Babyshambles, mas não pode terminar seu set devido à pressão policial para o fim do show.

Enquanto tocava o clássico Killimanjaro, perdeu a cabeça, jogou seu violão no chão e deixou o palco, tamanha foi a confusão armada no local.

Mais tarde, foi a vez de Barat subir ao palco do pequeno pub Monarch, que já estava lotado várias horas antes do início do show.

A polícia chegou no local depois que muitos fãs foram deixados do lado de fora do bar, ajudando os funcionários a barrar a entrada da multidão.

Enquanto a organização gritava por megafones a tentar dispersar a confusão, a polícia londrina foi fazendo o que pode para manter sob controle os mais exaltados.

Polícia londrina intervém em apresentações de dois ex-Libertines em festival

Sem mais artigos